quinta-feira, 14 de julho de 2016

O museu-casa de Jane Austen

Para formar minhas ideias e meus sentimentos
Eu sou a soma de tudo que vejo
E minha casa é um espelho
Onde a noite eu me deito e sonho com as coisas mais loucas
Sem saber porque

É porque trago tudo de fora
Violência , dúvida, dinheiro e fé
Trago a imagem de todas as ruas por onde passo
E de alguém que nem sei quem é
E que provavelmente eu não vou mais ver
Mas mesmo assim ela sorriu para mim
Ela sorriu e ficou na minha casa que é meu reino

(...) Lembranças perdidas, sem sentido
Juntas pra mim, parecem música

(Biquini Cavadão, Meu Reino)


Versos de uma canção antiga nos dizem do conforto que é a saudade, e também a pausa, a respiração longa, o descanso em um canto escolhido; porque o espaço da casa é um memorial de nós mesmos, e na correria dos dias nem sempre organizamos nossos passos e o criado mudo, ou a caixa de fotos e as lembranças intraduzíveis; mas é preciso tempo pra cuidar de nossas coisas, e de sermos cuidados por tudo o que nos cerca, seja no cantinho-conjugado, no quatro quartos ou no sofá do amigo; é preciso aquietar a alma, e entender que nem sempre haverá o melhor dos cantos, porém por perto encontrar seus encantos e rimas, especialmente a sós, quando com nossos livros e alegrias e discos estivermos. Pode soar mera fantasia, mas se para o escritor há um conforto em seu caderno e lamparina, como poderíamos deixar de nos encantar com tudo isso?

Nesta postagem, em imagens e citações recriamos as histórias de uma de nossas autoras favoritas, Jane Austen. Situada na pequena localidade de Chawton, a cerca de 80 quilômetros a sudoeste de Londres, a Casa-Museu de Jane Austen foi a última morada da escritora, que ali viveu entre 1809 e 1817 com sua mãe e irmã Cassandra. Das obras produzidas no período, destacamos "Mansfield Park", "Emma" e "Persuasão".

Conheça então o Jane Austen Museum e se apaixone ainda mais pela autora!




"Em tais momentos de angústia preciosa, incalculável, ela exultou em lágrimas de agonia por estar em Cleveland; e, quando voltava por um caminho diferente para a casa, sentindo todo o feliz privilégio da liberdade no campo, de perambular de um lugar para o outro na solidão mais livre e luxuriante, decidiu que passaria quase todas as horas do tempo que ficasse com os Palmer no abandono daqueles passeios solitários." (Jane Austen, Razão e Sensibilidade)


"Talvez, Elinor, tenha sido mesmo imprudente de minha parte ir até Allenham; mas o senhor Willoughby queria me mostrar o lugar; e posso lhe garantir que é uma casa encantadora. - Tem uma sala lindíssima no andar de cima; de um tamanho bem confortável para uso diário, e com móveis mais modernos ficará deliciosa. É uma sala de canto e tem janelas dos dois lados. (...) Coincide exatamente com minha ideia de uma bela região campestre, pois alia beleza e praticidade - e, arriscaria dizer, também o pitoresco, pois se pode admirar a paisagem..." (In: Razão e Sensibilidade)



"A atenção da senhorita Bingley se dedicava, na mesma medida, a seu livro e a observar o progresso do senhor Darcy na leitura do livro dele; e estava sempre fazendo uma pergunta ou vendo a página em que ele estava. Não conseguia conquistá-lo, contudo, com nenhuma conversa; e ele simplesmente respondia a suas perguntas e tornava a ler." (In: Orgulho e Preconceito)

 (Todas as imagens foram retiradas do site Tripadvisor)


Outros exemplos de Museu-Casa pelo Brasil e pelo mundo:

Fundação Casa de Rui Barbosa (RJ)
Museu Casa de Santos Dumont (Petrópolis/RJ)
Museu Casa de Portinari (SP)
Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura (SP)
Instituto Hilda Hilst (Campinas/SP)
Museu Casa de Guimarães Rosa (MG)
American Writers Museum (Chicago/IL, USA)
Casa de Edgar Allan Poe (Philadelphia/PA, USA)
Museu Charles Dickens (Londres/Inglaterra)
Museu Sherlock Holmes (Londres/Inglaterra)
Casa de Virgina e Leonard Woolf (Sussex/Inglaterra)


E você, já teve a oportunidade de visitar algum desses museus? :)
Um comentário on "O museu-casa de Jane Austen "
  1. Adorei os quotes!! Morrendo de vontade de conhecer o museu e fingir que estou no século 19 rsrsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir