sábado, 21 de janeiro de 2017

[Conversando com Rafa # 2] Tinderela, de R. M. Cordeiro

Terminei de ler o livro Tinderela da autora R. M. Cordeiro. Bom, o que posso dizer? Ainda estou rindo bastante pelas situações que a minha xará passou (sim, o nome da personagem é Rafaela, e não, eu nunca passei por metade do que ela passou).

O livro conta a história de Rafaela, uma enfermeira da Neonatal que vive muito mergulhada em seu trabalho - até conhecer o Tinder, um app de relacionamentos. Como está sozinha há um bom tempo, ela resolve se cadastrar e ver no que dá. Mas nem tudo que o que aparece no Tinder a encanta e ela se envolve em situações bem constrangedoras, loucas e entediantes.

Eu sou tradicional, gosto de conhecer pessoas através dos amigos, trabalho e escola, não uso nenhum app de relacionamento. Conheci meu namorado através do meu primo e da minha família e estamos juntos até hoje. Mas, no mundo digital em que vivemos, e na pressa que estamos, às vezes os aplicativos ajudam bastante, agilizam a "burocracia" que é esperar pra conhecer alguém interessante, conversar, sair e se decepcionar (ou não). Mas o livro me mostrou que às vezes o Tinder pode ser cruel, coitada da Rafaela, era cada criatura que aparecia que eu não sei como ela não desistiu desse app antes!

Tinham caras para todos os gostos: viciados em trabalhos, que beijavam no estilo cachorro-lambendo (sobre esse aí, eu tenho que compartilhar uma história com vocês. Eu estava no ensino fundamental, e eu era bem quieta, e isso é uma vantagem porque eu sempre ouvia tudo que meus colegas falavam, e um dia chegou um dos meus colegas louco da vida se limpando e procurando um pano pra limpar o rosto, aí ele virou pra um amigo dele e disse: "Nunca mais fico com ela (não vou dizer o nome da criatura né!), porque ela beija igual a um cachorro lambendo sorvete", e se limpava! kkkkkkk. Nunca vou esquecer essa história!), e tinham tarados, tinham homens sem grana que querem ir pra sua casa porque é mais econômico), enfim, um mar de coisas inimagináveis.

Adorei o livro, é um livro divertido que trata de uma coisa tão comum que é o relacionamento online, e que às vezes a internet pode ser cruel, então, devemos parar um pouco de procurar o príncipe encantado no computador, e olhar ao redor, pois talvez o cara "perfeito" esteja onde você menos imagina, já que não o viu passar enquanto estava ocupada demais olhando para o celular e caçando pretendentes.

Parabéns a autora! Adorei de verdade o livro, e nunca vou me inscrever no Tinder. Uma, porque eu sou compromissada, e mesmo se não fosse não ia querer um cara babão ou que me entediasse! kkkk

Essa foi a opinião de hoje, simples mas sincera.

Abraços,
Rafa Vieira
2 comentários on "[Conversando com Rafa # 2] Tinderela, de R. M. Cordeiro "
  1. Oi Rafa! Muito obrigada por ler e me dar sua opinião sobre Tinderela, ele foi escrito para nos divertir e ao mesmo tempo nos alertar sobre o rumo de nossos relacionamentos na atualidade. Conheço pessoas que se deram muito bem com uso de aplicativos, mas a maioria acaba passando por situações terríveis na hora, mas que rendem boas risadas e lembranças depois. Seja bem vinda ao Blog Papel Papel <3
    Beijo, beijo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!😍 amei seu livro e estou adorando fazer parte do blog!❤

      Excluir

Custom Post Signature