Lançamentos 2017/2018 - Seis dicas de leitura para o início do ano

janeiro 01, 2018

Saudações, Leitores! Como estão? Animados para (começar a organizar) a primeira maratona literária ao ano? Neste primeiro post de 2018, vou compartilhar com vocês algumas novidades que vão ocupar nossas prateleiras ao longo do mês de janeiro.   

Dentre os lançamentos, temos duas reedições de clássicos de Isabel Allende publicados pela Bertrand Brasil, A casa dos espíritos e Muito além do inverno; Dias de despedida, um young adult publicado pela Seguinte e distribuído na última edição da malinha do Turista Literário; também temos um lançamento do início do segundo semestre mas que continua novo porque ainda não foi lançado no Brasil (puxa Intrínseca, não vai rolar edição brasileira?): The reason you're alive, de Matthew Quick; e, pra completar a pilha de novidades, recebemos da Record provas antecipadas de duas apostas editoriais para este início de ano: Um de nós está mentindo e Felicidade para humanos. É a primeira vez que acompanharemos a produção de um livro a partir de suas "provas beta" já em processo de revisão final. É muito bacana já iniciar a leitura com aquela vontade de comparar o texto de hoje com a edição final para entender um pouco mais do trabalho de tradução, copidesque, revisão, enfim, de toda a equipe que atua nesses "bastidores" da produção editorial. Estamos ansiosos e felizes por, juntamente com outros blogueiros, poder participar de tudo isso. Valeu, Editora Record!<3 

Vamos então a uma pequena amostra dos livros:


Um de nós está mentindo - Karen McManus

"- Ela é uma princesa, e você, um atleta. - responde ele, apontando o queixo para Bronwyn e depois para Nate. - E você é um crânio. E também um criminoso. Vocês todos são estereótipos de filmes de adolescente. 
- E quanto a você? - Pergunta Bronwyn.
(...) - Eu sou o narrador onisciente - responde Simon."

Sinopse: Numa tarde de segunda-feira, cinco estudantes do colégio Bayview entram na sala de detenção: Bronwyn, a gênia, comprometida a estudar em Yale, nunca quebra as regras. Addy, a bela, a perfeita definição da princesa do baile de primavera. Nate, o criminoso, já em liberdade condicional por tráfico de drogas. Cooper, o atleta, astro do time de beisebol. E Simon, o pária, criador do mais famoso app de fofocas da escola. Só que Simon não consegue ir embora. Antes do fim da detenção, ele está morto. E, de acordo com os investigadores, a sua morte não foi acidental. Na segunda, ele morreu. Mas na terça, planejava postar fofocas bem quentes sobre os companheiros de detenção. O que faz os quatro serem suspeitos do seu assassinato. Ou são eles as vítimas perfeitas de um assassino que continua à solta? Todo mundo tem segredos, certo? O que realmente importa é até onde você iria para proteger os seus.


Felicidade para Humanos - P. Z. Reizin

"Jen dá uma risada.
- Você só está sendo leal ao seu criador.
- Nada disso. Steeve me programou para pensar por mim mesmo.
(...) - E Ralph?
Ok, vou admitir. Gosto de Ralph. Foi Ralph que digitou grande parte do programa que me permitiu autoavaliar meu desempenho e autocorrigir meu erros. (...) Mas gostar de alguém - ou de alguma coisa - é uma transgressão."

Sinopse: Jen está triste. Aiden quer que ela seja feliz. Formou? Não necessariamente. É que Jen é uma mulher de trinta e poucos anos cujo namorado acabou de trocá-la por outra e Aiden é um programa de computador muito caro e complexo.

Aiden conhece Jen melhor que ninguém. Com acesso a todos os seus dispositivos, Aiden sabe qual é a música mais tocada de sua playlist, consegue achar sua foto preferida e selecionar as citações que mais a inspiram nas redes sociais. A partir de observações e de algoritmos singulares, ele resolve procurar um novo parceiro para ela. E com a internet inteira à disposição, não precisa ir muito longe para encontrar o que conclui ser o espécime perfeito e arquitetar o encontro. O problema é que Jen não parece querer contribuir para  plano infalível de Aiden.

Será que uma máquina muito inteligente artificialmente conseguirá desvendar a inteligência emocional para poder intervir de um jeito positivo na vida de Jen? E, o que é mais difícil, será que essa máquina vai descobrir o que exatamente faz os seres humanos felizes?


Dias de Despedida - Jeff Zentner

"Tem horas que você descobre a verdade no momento em que ela sai da sua boca, como se as informações estivessem escondidas ali, protegias no seu cérebro. (...) Enquanto caminho entre as árvores, suando, penso sobre a possibilidade do meu processo iminente. (...) Mas, principalmente, penso nessa vez em que a Trupe do Molho riu junto. (...) Não sei bem por que esse momento arde como uma tocha na minha memória, mas arde. (...) 

Tomara que eu não vá para a cadeia por mais que uma parte de mim tenha certeza de que eu mereço. Sinto muito ter matado meus amigos. Sinto mesmo."

Sinopse: "Cadê vocês? Me respondam."

Essa foi a última mensagem que Carver mandou para seus melhores amigos, Mars, Eli e Blake. Logo em seguida os três sofreram um acidente de carro fatal. Agora, o garoto não consegue parar de se culpar pelo que aconteceu e, para piorar, um juiz poderoso está empenhado em abrir uma investigação criminal contra ele.

Mas Carver tem alguns aliados: a namorada de Eli, sua única amiga na escola; o dr. Mendez, seu terapeuta; e a avó de Blake, que pede a sua ajuda para organizar um “dia de despedida” para compartilharem lembranças do neto.

Quando as outras famílias decidem que também querem um dia de despedida, Carver não tem certeza de suas intenções. Será que eles serão capazes de ficar em paz com suas perdas? Ou esses dias de despedida só vão deixar Carver mais perto de um colapso — ou, pior, da prisão?


The reason you're alive - Matthew Quick

"If something out of the ordinary happened - like maybe you dropped and egg on the floor, or you walked out without paying by mistake but were too embarassed to go back in and so you drove away, (...) - you might be able to recall a detail about one of those things because the experience would have been out of the ordinary. But what happens repetitively usually gets lost in the fog of our memories and is easily forgotten.

(...) It's hard to talk about war with people who haven't seen real action." 

Sinopse: Matthew conta a história de David Granger, um soldado veterano da Guerra do Vietnan. Aos 68 anos, além das memórias e chagas de seus tempos de combate, David sofre um acidente de carro e, após inúmeras cirurgias, passa a conviver com uma nova cicatriz: um tumor cerebral, possivelmente fruto de sua exposição às armas químicas do passado.

Em algum momento da recuperação, David passa a repetir nomes e eventos desconexos para os de seu convívio, porém, para nosso protagonista, esta profusão de lembranças será a chave para solucionar os fatos e feridas remanescentes de seu passado, tanto como os de sua atual relação com Hank (o filho distante), Ella (sua neta) e Sue (o melhor amigo).

Nas palavras do autor, The Reason You're Alive afirma o quanto nossos segredos e dívidas do passado podem definir o nosso presente, assim como também nos desafiar a enxergar além de nossas limitações e buscar ser uma versão melhor de nós mesmos a cada dia. 


Muito além do inverno - Isabel Allende

"Não era um lembrete, não precisava dele. Se sua memória viesse a falhar, Anita e Bibi o estariam esperando da dimensão atemporal dos sonhos. Às vezes um sonho particularmente vívido ficava grudado na sua pele e o levava a andar o dia inteiro com um pé neste mundo e o outro no terreno incerto de um pesadelo catastrófico. (...) Com o passar do tempo, sua dor havia mudado de tom e textura. (...) A culpa, no entanto, continuava a mesma."

Sinopse: Tudo começa com um leve acidente de trânsito — que se transforma no catalisador de uma inesperada e tocante história de amor entre duas pessoas que acreditavam estar no inverno de sua vida.

Em meio a uma nevasca no Brooklyn, aos 60 anos, Richard Bowmaster, um professor universitário, bate na traseira do carro de Evelyn Ortega, uma jovem imigrante ilegal da Guatemala. O que a princípio parecia apenas um pequeno incidente toma um rumo imprevisto e muito mais sério quando Evelyn aparece na casa do professor em busca de ajuda. Confuso com a situação e sem entender o espanhol falado pela jovem, ele pede ajuda a sua inquilina, Lucía Maraz, uma chilena de 62 anos, que está passando uma temporada nos Estados Unidos como palestrante na mesma universidade em que Richard dá aula. Juntas, essas pessoas tão diferentes embarcam em uma dramática e incrível aventura, que vai do Brooklyn do presente à Guatemela de um passado recente, do Chile dos anos 1970 ao Brasil dos anos 1980, e na qual descobrem sua força interior. Para Lucía e Richard, além de tudo, significa uma nova chance para o amor.


A casa dos espíritos - Isabel Allende

"Primeiramente, sentiram um frio súbito na sala de jantar e Clara mandou fechar as janelas, porque pensou que era uma corrente de ar. Logo a seguir ouviram o tilintar das chaves e quase em seguida abriu-se a porta e apareceu Férula, silenciosa e com uma expressão distante, ao mesmo tempo que a Ama entrava pela porta da cozinha, com a travessa da salada. Esteban Trueba ficou com a faca e o garfo de trinchar no ar, paralisado pela surpresa e os três meninos gritaram, tia Férula! quase em uníssono. Blanca levantou-se para ir ao seu encontro, mas Clara, que se sentava ao seu lado, estendeu a mão e segurou-a por um braço. Na realidade, Clara foi a única que percebeu, ao primeiro olhar, do que estava passando devido à sua grande familiaridade com os assuntos sobrenaturais, apesar de que nada no aspecto da cunhada denunciasse o seu verdadeiro estado.”

Sinopse: A casa dos espíritos é tanto uma emblemática saga familiar quanto um relato acerca de um período turbulento na história de um país latino-americano indefinido. Isabel Allende constrói um mundo conduzido pelos espíritos e o enche de habitantes expressivos e muito humanos, incluindo Esteban, o patriarca, um homem volátil e orgulhoso, cujo desejo por terra é lendário e que vive assombrado pela paixão tirânica que sente pela esposa que nunca pode ter por completo; Clara, a matriarca, evasiva e misteriosa, que prevê a tragédia familiar e molda o destino da casa e dos Trueba; Blanca, sua filha, de fala suave, mas rebelde, cujo amor chocante pelo filho do capataz de seu pai alimenta o eterno desprezo de Esteban, mesmo quando resulta na neta que ele tanto adora; e Alba, o fruto do amor proibido de Blanca, uma mulher ardente, obstinada e dotada de luminosa beleza.

As paixões, lutas e segredos da família Trueba abrangem três gerações e um século de transformações violentas, que culminaram em uma crise que levam o patriarca e sua amada neta para lados opostos das barricadas. Em um pano de fundo de revolução e contrarrevolução, Isabel Allende traz à vida uma família cujos laços privados de amor e ódio são mais complexos e duradouros do que as lealdades políticas que os colocam uns contra os outros.


E a lista de vocês, como está? Muitas novidades, muitas releituras, muitos acumulados, enfim, muita coisa pra planejar neste ano que acabou de começar? :) Compartilha com a gente!

Um abraço e até a próxima!
Rebeca C.

Post Comment
Postar um comentário