sexta-feira, 18 de março de 2016

Editora Planeta de Livros - Lançamentos de Fevereiro e Março



Já conhece os lançamentos de fevereiro e março da Editora Planeta de Livros? Dentre os favoritos, selecionei os de temas voltados ao crescimento pessoal  <3 Confira as sinopses:



Que ninguém nos ouça - Leila Ferreira e Cris Guerra

“Doçura, inteligência, graça, suavidade – lembra? Também imaginei que estivessem em extinção, mas descobri que seguem vivas nas páginas de Que ninguém nos ouça. Não que seja uma literatura para mocinhas inocentes: o assunto muitas vezes é barra. Nem Leila, nem Cris saltaram de um conto de fadas. Porém, mesmo quando confidenciam a parte trash de suas trajetórias, a delicadeza continua mantendo o tom. Amargas? Nem que quisessem. Nem que tentassem. É o único talento que elas não têm.

Duas mulheres incomuns e com experiências singulares: só pelo voyeurismo consentido, já valeria dar uma espiada nessa troca de e-mails entre as duas. Porém, basta abrir a primeira página para perdermos a ilusão de que teremos algum controle sobre a leitura. É a Leila e a Cris que seguram o leitor nas mãos: fisgado e rendido, ele ficará preso até a última linha, quando então retornará à vida acreditando novamente na espécie humana.” (Martha Medeiros)



Moda Intuitiva - Cris Guerra

Já parou para pensar que ao acordar você se prepara para um desfile diário, voluntário ou não? Já parou para pensar que o seu guarda-roupa é a sua coleção? Que a moda pode ser uma forma de acentuar sua individualidade e não de uniformizar pessoas? Que moda é, acima de tudo, beleza? Não? Pois Cris Guerra, a publicitária e criadora do primeiro diário virtual de moda, o Hoje vou assim, não só pensou como registrou tudo no livro Moda intuitiva.

Lançado, pela primeira vez, em 2013, o livro, nesta nova versão, revista e atualizada segundo as novas tendências da moda, chega ao leitor acrescido de novos conteúdos e de um capítulo inédito, o “Moda e Trabalho”, com orientações sobre como compor os looks para usar no dia a dia corporativo. Além dos novos textos, o livro também conta com mais de 40 novas fotos, que ilustram ideias de composições adotadas pela autora.

Moda intuitiva sugere também reflexões para que o leitor descubra que estar na moda não significa seguir padrões pré-estabelecidos, mas encontrar, a partir das próprias referências, um estilo próprio, cheio de personalidade.



A última carta do tenente - William Douglas

Em 12 de agosto de 2000, um acidente com um submarino nuclear russo chocou a humanidade: cento e dezoito marinheiros ficaram presos quando o submarino Kursk afundou no mar de Barents, no norte da antiga União Soviética, após duas grandes explosões causadas por falhas em seu sistema de lançamento de torpedos.

Após noticiado o acidente e o naufrágio houve grande comoção da opinião pública mundial, desejosa de que fosse constituída uma operação de resgate para salvar aqueles homens. Depois de algum atraso em aceitar a ajuda ocidental e muita pressão internacional, o governo russo finalmente cedeu e navios de várias bandeiras tentaram o salvamento. Quando os primeiros mergulhadores chegaram à carcaça do submarino, contudo, não havia mais esperança, todos os tripulantes já estavam mortos.

Após abrirem uma “janela” no casco, os mergulhadores depararam-se, inicialmente, com quatro corpos. No bolso do uniforme de um deles foi encontrada uma mensagem, uma carta que, ao contrário do que se esperava, não relatava o acidente, mas era dedicada a sua esposa. A carta relatava a agonia dos vinte e três tripulantes que permaneceram vivos por algumas horas (ou talvez até um dia) após o naufrágio do submarino, e foi redigida por tato, revelando que os últimos momentos dos marinheiros foram passados em total escuridão.

Este livro é uma coletânea dos ensinamentos, descobertas e emoções que poderiam estar escritos na carta, descoberta no bolso de um dos marinheiros mortos para sua esposa.



Uma nova mulher em 30 dias - Fabiana Bertotti
(1ª reimpressão)

Conhecida por falar de assuntos do cotidiano em seu canal do Youtube, Fabiana Bertotti apresenta em Uma nova mulher em 30 dias algumas mudanças necessárias para a vida de toda mulher. Temas como autoestima, relacionamentos, perdão e felicidade são discutidos de maneira divertida e inteligente. Muito próximo de uma conversa entre amigas, este livro pode ajudar a desencadear uma atitude diferente perante a tudo.

“Hoje, o que você tem que fazer é olhar-se, mirar no espelho da alma e fazer um verdadeiro escâner de quem é essa mulher, quais são as suas frustrações e o que não pode mais continuar do mesmo jeito”, diz Fabiana. No espaço de um mês, a autora propõe uma mudança a cada dia, todos os dias.



Se eu pudesse viver minha vida novamente - Rubem Alves

Se eu pudesse viver minha vida novamente...

Neste livro, Rubem Alves viaja no tempo e no espaço. Lança o olhar sobre os sonhos, sobre as perdas e ganhos, detendo-se nos pequenos detalhes que fazem toda a diferença, recorrendo a memórias ora felizes ora dolorosas, quase sempre com um toque de nostalgia que não é arrependimento, mas sim uma saudade gostosa de algo vivido em plenitude.

É assim, com extrema delicadeza, que chega ao coração e à mente de cada um de nós, despertando-nos para o agora, acordando em nós o desejo de viver de forma diferente – nunca é tarde para isso! –, de aproveitar cada instante, de valorizar cada minuto, enchendo-o de beleza, de verdade, de leveza.


Lisbela e o Prisioneiro - Osman Lins

Original de 1964, o livro que inspirou o filme de Guel Arraes é uma comédia com referências nordestinas.

A fidelidade de Osman Lins à busca de uma expressão própria na ficção, decorrente de uma recusa à cômoda retomada do já conquistado e de uma fé inabalável no poder criador da palavra, foi reconhecida e admirada pela crítica brasileira e estrangeira, com raras exceções. No entanto, ele é um autor ainda pouco difundido. Por isso é oportuna esta publicação de Lisbela e o Prisioneiro.

Esta obra permite ao público entrar em contato com o texto, no registro dramático, de um autor meticuloso no uso da palavra e na arquitetura da peça. Lisbela e o Prisioneiro foi sua primeira peça a ser encenada com sucesso. E com certeza, é a que até hoje teve mais alcance de público. Se muito da fama de uma peça deve ser creditado ao trabalho de direção, ao desempenho dos atores, à cenografia, ao figurino, à iluminação, ao som; outro tanto pelo menos também deve ser atribuído ao texto do dramaturgo.


Editora Planeta

Curtiram os lançamentos? :) Tem algum que você gostaria de ver uma resenha aqui no Blog? Compartilha com a gente nos comentários!

2 comentários on "Editora Planeta de Livros - Lançamentos de Fevereiro e Março"
  1. Rubem Alves é maravilhosos, queria ler tudo que ele já produziu rsrs e o que dizer de Lisbela e o Prisioneiro, que tão bem representa a cultura do povo nordestino, satirizando aquilo que há de melhor e pior em nosso povo? Amo <3

    Blog da Gih

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito dos lançamentos menina Rebeca, acho que você pode resenhar todos ahahhaha mentira
    Só o Rubem Alves já seria lindeza♥

    Um beijo,
    Paloma
    surewehaveablog.com.br

    ResponderExcluir

Custom Post Signature