quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Clássicos do Autoconhecimento | Editora Objetiva


"Um aspecto notável de sua vida mental é que você raramente fica perplexo. Claro que ocasionalmente você se depara com uma questão como 17x24=? para a qual nenhuma resposta lhe vem imediatamente à cabeça, mas esses momentos de estarrecimento são raros. O estado normal de sua mente é que você dispõe de sentimentos e opiniões intuitivos sobre quase tudo que surge em seu caminho. Você simpatiza ou antipatiza com uma pessoa bem antes de saber muita coisa sobre ela; você mostra confiança ou desconfiança em relação a estranhos sem saber por quê; você sente que um empreendimento está fadado ao sucesso sem fazer uma análise. Quer você afirme, quer não, muitas vezes tem respostas para perguntas que não compreende completamente, apoiando-se em evidências que não é capaz de explicar nem de defender." (Daniel Kahneman)

Um aspecto notável de nossa vida blogueira é que, de forma aparentemente inesperada, somos movidos a procurar em nossa prateleiras e livrarias alguns títulos que não pertencem à lógica dos romances e histórias de ficção. É como se um dia acordássemos e quiséssemos entender o porquê de sermos tão reativos ou apáticos diante das situações do mundo e, em momentos assim, acreditamos que uma resposta para esta inquietação será encontrada em algum lugar de nossas editoras preferidas.

Há um tempo fiz um post com Dicas para viver um Ano realmente novo, e ao reler o texto hoje fiquei feliz em perceber que as dicas são ainda válidas, assim como sua bibliografia, e que por isso deveriam ser constantemente relembradas, já que a desatenção cotidiana faz com que nossas promessas de ano novo permaneçam, em sua maioria, apenas como uma lista em nosso calendário.

Não deveria ser assim, mas...

O importante é perceber quando essa necessidade de aprimoramento de nossa vida profissional e pessoal começa a falar mais alto, e procurar orientações e estratégias para reorganizar os nós, pontos cegos e pendências de nosso dia-a-dia.

No post de hoje, separei alguns títulos deste segmento da Literatura do Autoconhecimento, publicados pela Objetiva, e que muito se aproximam das pesquisas comportamentais, de alguns campos da psicologia, assim como da neurociência. O assunto é vasto, porém, de forma resumida, este tipo de Literatura pode ser exemplificada no gráfico abaixo:


Vamos aos lançamentos então:


Rápido e Devagar
Daniel Kahneman

Todos nós acreditamos que o homem, por ser dotado de razão, é capaz de conter os instintos e as emoções, avaliando objetivamente as situações e escolhendo, dentre várias alternativas, a que lhe é mais vantajosa. Estudos conduzidos durante anos por Daniel Kahneman, um dos mais importantes pensadores do século XXI, colocam em xeque a ideia de que a nossa tomada de decisões é essencialmente racional.

Em Rápido e devagar: duas formas de pensar, o autor nos leva a uma viagem pela mente humana e explica as duas formas de pensar: uma é rápida, intuitiva e emocional; a outra, mais lenta, deliberativa e lógica. Kahneman expõe as capacidades extraordinárias - e também os defeitos e vícios - do pensamento rápido e revela o peso das impressões intuitivas nas nossas decisões. Comportamentos tais como a aversão à perda, o excesso de confiança no momento de escolhas estratégicas, a dificuldade de prever o que vai nos fazer felizes no futuro e os desafios de identificar corretamente os riscos no trabalho e em casa só podem ser compreendidos se soubermos como as duas formas de pensar moldam nossos julgamentos.


Inteligencia Emocional
Daniel Goleman


Inteligência é emocão. QI não é destino. O fascinante e convincente livro Inteligência Emocional, de Daniel Goleman revela que a nossa visão sobre este assunto ainda é muita estreita.Aliando o rigor do cientista à experiência humana do psicólogo, o autor examina questões polêmicas através de uma viagem pelos labirintos da mente humana.

Mostrando que o controle das emoções é fator essencial para o desenvolvimento da inteligência do indivíduo, a obra cita exemplos de casos do cotidiano que demonstram a incapacidade das pessoas em lidar com as próprias emoções, tendo como consequência a destruição de vidas e o abalo de carreiras promissoras. Como atuar diretamente sobre a inteligência emocional para que problemas assim sejam evitados é o enfoque central da obra.


A mente organizada
Daniel J. Levitin


Poderia a boa e velha organização ser o segredo fundamental para se navegar no mar de informações do mundo moderno?

Enquanto notícias, textos, contas e aplicativos invadem nosso cotidiano, espera-se que tomemos rapidamente decisões cada vez maiores.

Em capítulos instigantes sobre temas que vão desde a gaveta bagunçada da cozinha até cuidados com a saúde, David Levitin apresenta avanços recentes nos estudos sobre o cérebro e mostra métodos que podemos aplicar no dia a dia para adquirir uma sensação de controle sobre a maneira como organizamos nossos lares, nossos ambientes de trabalho e nossas vidas.


Mindset
Carol S. Dweck


Carol S. Dweck, ph.D., professora de psicologia na Universidade Stanford e especialista internacional em sucesso e motivação, desenvolveu, ao longo de décadas de pesquisa, um conceito fundamental: a atitude mental com que encaramos a vida, que ela chama de “mindset”, é crucial para o sucesso. Dweck revela de forma brilhante como o sucesso pode ser alcançado pela maneira como lidamos com nossos objetivos. O mindset não é um mero traço de personalidade, é a explicação de por que somos otimistas ou pessimistas, bem-sucedidos ou não. Ele define nossa relação com o trabalho e com as pessoas e a maneira como educamos nossos filhos. É um fator decisivo para que todo o nosso potencial seja explorado.


O Foco Triplo
Daniel Goleman / Peter Senge


magine o seguinte: alguém com menos de dezoito anos provavelmente nunca conheceu um mundo que não tivesse internet. E em cada vez mais partes do mundo a maioria das crianças com menos de dez anos nunca vivenciou uma época em que não houvesse um dispositivo portátil que pudessem sintonizar - para ficar sintonizadas com as pessoas em volta delas. As crianças estão crescendo em um mundo muito diferente hoje, um mundo que vai mudar ainda mais à medida que a tecnologia evoluir. Mas as mudanças irão além da tecnologia. Essas crianças também estão crescendo em um mundo que enfrenta desafios sociais e ecológicos sem precedentes, os quais terão de ajudar a superar. Que ferramentas podemos dar aos mais jovens hoje para ajudá-los nessa jornada? Neste livro, Peter Senge e Daniel Goleman examinam as ferramentas internas de que os jovens precisarão para prosperar neste novo ambiente. Eles descrevem três conjuntos de habilidades cruciais para se orientar em um mundo de distrações crescentes e envolvimento interpessoal ameaçado — um mundo no qual as ligações entre as pessoas, os objetos e o planeta são mais importantes do que nunca.

Charles Duhigg

Durante os últimos dois anos, uma jovem transformou quase todos os aspectos de sua vida. Parou de fumar, correu uma maratona e foi promovida. Em um laboratório, neurologistas descobriram que os padrões dentro do cérebro dela - ou seja, seus hábitos - foram modificados de maneira fundamental para que todas essas mudanças ocorressem. Há duas décadas pesquisando ao lado de psicólogos, sociólogos e publicitários, cientistas do cérebro começaram finalmente a entender como os hábitos funcionam - e, mais importante, como podem ser transformados. Embora isoladamente pareçam ter pouca importância, com o tempo, têm um enorme impacto na saúde, na produtividade, na estabilidade financeira e na felicidade.

Com base na leitura de centenas de artigos acadêmicos, entrevistas com mais de trezentos cientistas e executivos, além de pesquisas realizadas em dezenas de empresas, o repórter investigativo do New York Times Charles Duhigg elabora, em O poder do hábito, um argumento animador: a chave para se exercitar regularmente, perder peso, educar bem os filhos, se tornar uma pessoa mais produtiva, criar empresas revolucionárias e ter sucesso é entender como os hábitos funcionam. Transformá-los pode gerar bilhões e significar a diferença entre fracasso e sucesso, vida e morte. 


Sobre as publicações da Objetiva

O catálogo de autoconhecimento reúne títulos com forte base científica, além de dicas práticas que ajudam o leitor a se conhecer melhor, a superar desafios tanto na vida pessoal quanto na profissional e a se adaptar à velocidade e ao excesso de informação do mundo atual.

O selo Objetiva é líder nesse segmento e publica autores renomados, como o criador do conceito de inteligência emocional, Daniel Goleman, o prêmio Nobel Daniel Kahneman e o jornalista vencedor do Pulitzer Charles Duhigg, que, com outros nomes da casa, já venderam mais de 1 milhão de exemplares no Brasil.

Os autores que se dedicam a esse segmento veem a aplicação prática como ponto fundamental de seus livros. Além de consistente base teórica e de grandes exemplos de pessoas e histórias reais, os livros de autoconhecimento vêm acompanhados de dicas sobre como aplicar a teoria científica no dia a dia. O objetivo é a fácil identificação do leitor com o que está sendo apresentado.

O intuito é trazer conhecimento científico para o leigo e fazer com ele use esse conhecimento para lidar melhor com os dilemas da vida contemporânea: bem-estar, felicidade, realização, saúde, bom desempenho profissional, mudança de hábitos, produtividade, autocontrole, foco, organização, entre outros.

Be First to Post Comment !
Postar um comentário

Custom Post Signature